Crianças e adultos vibram com o espetáculo “Saltimbancos” no Polytheama


21 de março de 2011 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Arte & Cultura,Música,Teatro



O grupo interagiu com as crianças.

O grupo interagiu com as crianças. (Foto: Murilo Borçal)

O Teatro Polytheama praticamente lotado recebeu na tarde do último domingo (20) o grupo Conteúdo Teatral, com o espetáculo musical Saltimbancos, baseado na renomada versão criada pelo compositor Chico Buarque. Adultos e, principalmente, as crianças vibraram com personagens, bateram palmas e acompanharam as confusões armadas no palco pelos quatro amigos: a gata, o cachorro, o jumento e a galinha.

A apresentação faz parte da programação do centenário do Teatro Polytheama e a secretária de Cultura, Penha Camunha Martins, ficou satisfeita com a receptividade. “Superou nossa expectativa”, disse. “Esse é o resultado do nosso trabalho de formação de público”.

O musical foi apresentado no período da tarde e a entrada foi gratuita. Seguindo o cronograma especial de aniversário do Polytheama, novos eventos já estão programados, muitos deles destinados ao público infantil. Maria Teresa Meneghuti, mãe da pequena Laura (7 anos), confirmou que fica atenta à programação cultural e sempre traz a filha para o teatro. “Ela ama teatro, faz o curso da Cultura e também participa do Projeto Guri. Venho sempre nas apresentações”.

O espetáculo

Saltimbancos foi montado pela primeira vez em 1977 e ganhou uma versão de sucesso com as músicas de Chico Buarque. Na adaptação apresentada no Polytheama participaram os artistas Bruna Guerin, Marcelo Diaz, Rosy Aragão, William Anderson, Diego Rodda, Juliana Romano, Laura Carolina e Willian Franklin.

Essa versão foi indicada ao Prêmio Femsa de Teatro Infantil e Jovem. A estória conta as confusões e dificuldades enfrentadas por quatro animais, a gata, a galinha, o cachorro e o jumento, que resolvem sair do campo e ir para a cidade. As músicas são antológicas e foram muito bem executadas pelos artistas.

Notícia: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jundiaí.

Comentários