Centenário do Polytheama: Barbatuques é a atração deste final de semana


30 de junho de 2011 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Música,Teatro



Barbatuques apresenta o espetáculo Corpo do Som. (Foto: divulgação)

Produzir sons com o próprio corpo é o que o grupo Barbatuques mostra neste sábado (2), às 20h30, dentro da programação do Centenário do Teatro Polytheama. O espetáculo Corpo do Som tem entrada gratuita e os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início do show, nas bilheterias do Teatro.

Toda pessoa tem um corpo sonoro e um imaginário musical próprio. A expressão do som através do corpo humano é talvez a forma mais antiga de fazer música e se comunicar em diferentes culturas. Essa “música corporal” revela os sotaques, costumes, códigos de comportamento e tradições de cada povo, em cada parte do mundo.

Corpo do Som traz este universo com um repertório com composições próprias, improvisações, interações com a platéia e adaptações de ritmos e cantos tanto brasileiros como de outras partes do mundo. Até um diálogo com a música eletrônica que pode ser reproduzida pelo corpo.

O show envolve a linguagem cênica e movimentações coreográficas, tendo como eixo central a música corporal. Uma animada orquestra rítmica de percussão e cantos que resulta numa aquarela de sons orgânicos.

O Teatro Polytheama fica na Rua Barão de Jundiaí, 176, Centro. Informações pelo telefone 4586-2472.

A companhia

Barbatuques produz música utilizando o próprio corpo como instrumento musical, a partir de efeitos de voz e de palmas, estalos, batidas, mãos e pés em sintonia. O resultado é surpreendente. As apresentações proporcionam uma experiência única através desta competente combinação entre ritmos, sons e movimentos.

O núcleo artístico e pedagógico Barbatuques foi fundando em 1996 pelo músico Fernando Barba e possui 15 integrantes: André Hosoi, Bruno Buarque, Marcelo Pretto, André Venegas, Dani Zulu, Flávia Maia, Giba Alves, João Simão, Lu Horta, Heloiza Ribeiro, Mairah Rocha, Maurício Maas, Renato Epstein e Charles Raszl. Desde então, vem desenvolvendo pesquisas sobre o tema e nelas descobrindo quantidade de sons suficiente para transformar o corpo em uma verdadeira orquestra sinfônica.


Serviço

Barbatuques – Corpo Som
Data: Sábado, 2 de julho de 2011
Horário: 20h30
Local: Teatro Polytheama
Duração: 1 hora
Classificação: Livre
Ingressos: distribuídos uma hora antes do espetáculo

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jundiaí.

Comentários