Mas arroz eu como em casa!


1 de setembro de 2011 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Vamos Comer Fora?


Sempre que ouço essa frase, arrepio. Conheço algumas pessoas que gostam de comer fora de casa aqueles pratos que não sabem fazer, ou que tenham ingredientes mais raros e talvez um pouco mais caros. Comer arroz em restaurantes parece um crime.

 “Isso eu como em casa!”, elas dizem. Pois bem. Saibam que eu discordo totalmente disso, mas vou deixar minha defesa agendada para o texto do próximo mês. Hoje vou explorar uma super diversidade culinária, para você que gosta de variar o cardápio. E já que a idéia é quebrar a rotina, não vou deixar por menos.

Pedro’s Bar

O lugar não é novidade para nenhum Jundiense: Pedro’s Bar, no Mercadão da Vila Arens. O público é mais do que fiel. Vá aos sábados e perceba que é lá onde os amigos sempre se encontram, sem nem precisar combinar ou marcar horário. Conversa e cerveja não faltam, mas a questão aqui é: o que comer?

Quem vai ao bar do Pedro sempre recomenda os deliciosos bolinhos de bacalhau e de carne, muito bem temperados, ou os muitos tipos de pastel. Mas se estamos aqui para variar o cardápio, então que tal provar uma porção de rã frita? Parece estranho, mas a rã-touro-americana ou rã-touro-gigante, espécie geralmente servida, é mais magra em valor calórico do que as carnes de peixe e frango e também é “rica em proteínas de alto valor biológico” o que significa, em outras palavras, que é um tipo de alimento bastante saudável.

Lá no Pedro, a unidade sai por R$17,00 e é uma escolha certa. Para quem ainda está com um pouco de receio, recomendo que comece pela opção em pedaços, para comer sem a sensação de estar vendo um sapo no prato. O sabor é delicioso. Se você gostou da proposta e quer saber mais sobre as rãs comestíveis, assista a este vídeo. O programa fala sobre os ranários no Brasil e ainda traz uma receita para fazer em casa:

Se você não gostou, não se preocupe. Estarei de volta para mostrar que comer arroz fora de casa não é uma má ideia. Aguardem!

Comentários
  1. Amélia disse em 1 de setembro de 2011 17h39:

    Bárbara amei a sua sugestão, quando formos ai quero esperimentar, beijos

  2. Luis Felipe disse em 5 de setembro de 2011 13h34:

    A porção de rã vale muito a pena e realmente acompanha bem uma cerveja gelada. Sugiro acompanhar também com um bolinho de carne. Um espetáculo!

  3. Amadeu disse em 14 de setembro de 2011 9h43:

    A rã é ótima. Sem esquecer que tem variados pastéis, bolinhos, coxinhas, enfim, inúmeros tira-gostos. Todas as melhores cervejas, caipirinhas… E bate-papos mais que animados. Ótimo! Parabéns, Bárbara, excelente escolha!!!