Caprichosos de Jundiaí


21 de fevereiro de 2011 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Carnaval


Caprichosos de Jundiaí

Criada em maio de 2003, com a intenção de fazer um carnaval mais voltado ao povo, teve como sua primeira presidente a Sra. Rita de Cássia Moretti e estreou em 2004, contando lendas infantis no enredo, causando impacto e sendo aclamada pelo público.

Em 2007, por falta de estruturas básicas, a escola se afastou do carnaval, retornando no ano de 2008.

Após 7 anos de vida, levanta seu primeiro título, no Grupo de Acesso, ganhando o direito de se apresentar no Grupo Especial

Hoje, a Caprichosos de Jundiaí se sente orgulhosa de ser considerada uma agremiação simpática ao público, conforme publicação da imprensa local, e continua sua proposta de fazer um carnaval popular, já que continua franqueando suas fantasias aos seus foliões.

Em sua nova investida na avenida, a escola traz como tema “O Pavão Misterioso”, símbolo da escola, contando em seu enredo a história de alguns mistérios, entre eles o amor de Maria Bonita e Lampião, o mistério do Boto Cor-de-Rosa, entre outros.

Na arte popular os pavões são pintados freqüentemente olhando para trás, para suas caudas, porque estas penas são renovadas a cada ano. Este é considerado um símbolo de renovação, por isso em 2011 o G.R.C.E.S. Caprichosos de Jundiaí, mesmo sendo a caçula do grupo especial, vem para avenida com toda pompa e exuberância que é digna do seu símbolo maior, o pavão.

Samba Enredo: Meu Pavão Misterioso

COMPOSITORES: DÉDA DA VILA / RENAN DO CAVACO

Da Grécia a mitologia
Sua magia, que fascinação
De Hera se fez a beleza

Oh! Natureza que sedução
Dos olhos que adormeciam
Nasce o esplendor. Oh! Meu pavilhão
De um soneto lindo acorde musical
Hoje é realidade que seduz meu Carnaval

Misterioso eu sou
Meu canto vai te emocionar
Na arte traço meu destino
Ta no amor o meu dom de encantar

E por falar em amor
Em meus olhos brilhou a felicidade
Das mãos, canções e poesias
Quanta magia, prosperidade
Casais em alto astral
Em ritual de paixão e alegria
É a história que o tempo jamais apagará
Eis o mistério e o amor está no ar
Recordações, sentimento caloroso
Sou caprichoso, exuberante pavão misterioso

Vem, vem me beijar
Como é gostoso amar você
Amor a Caprichosos
É minha escola, meu bem querer

Comentários